Publicado por: Alcino Raposo | 27 de Dezembro de 2011

A formação do Império Romano

Este artigo foi uma sugestão de uma aluna, cá vai. Para além da imagem animada juntei este vídeo e várias imagens.

Muito obrigado Carolina

Bom Trabalho


http://pt.wikipedia.org/wiki/Imp%C3%A9rio_Romano

Fonte: http://www.escolovar.org/historia_imperio.romano_big.jpg, retirado a 22 Fevereiro de 2011
  • V-IV a.C. Conquista de toda a Península Itálica
  • III-II a.C. Expansão para fora de Itália: Sicília, Península Ibérica; Norte de África, a Grécia e os reinos helenísticos da Ásia Menor e da Síria.
  • I a.C. – I/II d.C.: Gália, Egipto, Britânia, Dácia.


Responses

  1. tenho uma duvida de que modo e que eram construídas as estradas romanas?

    • Retirei esta informação do seguinte site: http://wwwnovas.blogspot.pt/2009/11/estradas-romanas.html
      As estradas eram normalmente calcetadas( glareae stratae ), possuíam escoamento de águas pluviais e marcos miliários para marcar a distância percorrida de 1.000 passos (1.478 metros). Estes marcos podiam conter o nome e títulos do imperador que havia autorizado a construção, a data do início da construção ou o nome dos construtores (evergetas), ou ainda outras informações consideradas importantes . Eram de forma e tamanho variáveis normalmente cilíndricos Por vezes havia marcos mais pequenos indicando a meia milha.
      O pavimento ligeiramente abaulado. mais alto ao centro, permitia a drenagem da água das chuvas para as valetas.Para além da zona empedrada da estrada, era limpa de vegetação uma faixa de terreno com dois a três metros, em declive e com drenagem que constituía a zona de segurança e estabilidade da obra. Tal como hoje há marcas pintadas nos pavimentos ,ou passeios para peões, assinalando o limite lateral da via,naqueles tempos usavam-se os crepidines, muretes laterais com 45 cms de altura e 60 de largura. Ao longo das estradas principais encontravam-se locais de descanso para os soldados e viajantes, bebedouros para os animais que puxavam os carros , isto é, as modernas áreas de serviço das nossas estradas. Pelas estradas circulavam, por vezes, mensageiros rápidos do imperador usando um selo próprio para não serem detidos pela guarda das torres de vigilância que, em sítios estratégicos ,controlava o fluxo de passageiros e mercadorias.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: